In�cio
Bom Noite! - Hoje é Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019
Hora Certa; 04:52


Programas voltados à capacitação e cidadania garantem renda e qualidade de vida à população de Tapurah

Publicado 04/07/2019 - 11:04 e atualizado 04/07/2019 - 11:08
Por: Redação

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Tapurah é umas das pastas mais importantes da atual administração, a qual tem a missão de promover ações e políticas públicas para contribuir no desenvolvimento do município, operacionalizando diversos programas, projetos, serviços e benefícios no combate das desigualdades sociais em Tapurah, com políticas integradas, estimulando atividades produtivas, promovendo a inserção social, visando à melhoria de qualidade de vida da população em situação de exclusão social, sejam crianças e adolescente, idosos, pessoas com deficiência e grupos sociais em geral.

Em Tapurah, a Secretaria Municipal de Assistência Social presta atendimento socioassistencial à indivíduos e famílias, através de programas, projetos, benefícios e serviços juntamente com a rede de proteção social básica e especial, tendo como porta de entrada o Centro de Referência de Assistência Social - CRAS e no caso de ações onde vínculos familiares já foram rompidos por conta de situação de ameaça, violência ou violação de direitos, este se realiza por intermédio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social - CREAS.

Tapurah Capacita

Conforme Jociane Luza Christoff, Secretaria da pasta, a secretaria tem buscado o resgate da cidadania dos usuários da política de Assistência Social, oferecendo cursos técnicos e profissionalizantes gratuitamente, que deem oportunidades à elas, de competir em termos de igualdade com as demais profissionais no mercado de trabalho. No ano 2019 foi dado início ao programa Tapurah Capacita, com o fornecimento gratuito de 130 vagas para as pessoas beneficiárias do Cadastro Único (CadÚnico) participarem de cursos técnicos e profissionalizantes, os quais são realizados pela escola técnica CN Cursos.

“Tapurah é um município que está em amplo desenvolvimento e crescimento econômico, mas muita gente não tem estudo e formação técnica adequada e necessária para trabalhar, em especial, as pessoas que migraram do Nordeste e hoje fazem parte da nossa população, pois acreditamos que por vários fatores onde viviam, não tiveram oportunidade de estudar, e hoje nós oferecemos esta oportunidade à estas pessoas, de se profissionalizarem e consequentemente terem uma melhor condição de vida para si e suas famílias, aqui em Tapurah”, disse.

Cidadania

Em 2018 e 2019 a Secretaria implantou o projeto Bombeiros do Futuro, aonde atende 50 crianças e adolescentes de 10 à 14 anos, em cada uma das duas etapas, com diversas atividades que contribuem na prevenção do uso de álcool e  drogas, primeiros socorros, noções de combate à incêndios, educação no trânsito, salvamento aquático e cidadania.

“Esse projeto está dando resultados muito positivos no núcleo familiar e educacional dos participantes, pois a gente acompanha a mudança no comportamento destas crianças nas escolas onde eles estudam e na família”, destaca.

Menos Bolsa Família e mais independência

A atual administração tem trabalhado para oferecer mais oportunidades às pessoas, para que as mesmas saiam da situação de pobreza e tenham mais qualidade de vida. Com investimento em capacitação, muitas pessoas estão buscando o mercado de trabalho e consequentemente a sua autonomia, que nos últimos dois anos já resultaram na saída de 156 famílias do Programa Bolsa Família do Governo Federal.

Segundo a secretária Jô Luza, hoje o município possui 502 famílias recebendo o benefício do Programa ‘Bolsa Família’ com valor médio de R$ 144,63 (Cento e quarenta e quatro reais e sessenta e três centavos por família), mas este número já foi de aproximadamente 800 famílias em Tapurah.

“Isto significa que estas (156) famílias que deixaram o programa em 2018 estão melhorando de vida. Através dos cursos que nós oferecemos, sem custos nenhum, eles estão sendo admitidos no mercado formal de trabalho, saindo da condição de pobreza e inserindo-se como população economicamente ativa no município, garantindo uma melhoria na sua qualidade de vida e de sua família. Acreditamos sempre que através destas formações e profissionalizações, eles consigam uma colocação melhor no mercado de trabalho, logo, uma melhor e maior renda, do que a recebida pelo programa (Bolsa Família) para suprir a necessidade da família. Ainda gostaria de acrescentar que sem uma equipe comprometida com as ações junto às famílias beneficiárias do programa nada disso seria possível”. frisa.

 

 



Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link acima ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos deste site (Jornal Caiabis) estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral - LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Não reproduza esta matéria em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do Jornal Caiabis, por escrito.



LEIA TAMBÉM






CADASTRE-SE

Você poderá receber nossos informativos e notícias importantes.

FORMULÁRIO DE CADASTRO

FALE COM A REDAÇÃO

Você tem alguma reclamação ou elogio, sugestão matérias ou informar um fato?

ABRIR UM CHAMADO


Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados

Este website foi desenvolvido e é hospedado por: