In�cio
Bom Dia! - Hoje é Segunda-Feira, 20 de Setembro de 2021
Hora Certa: 11:01

Focos de incêndio em propriedades rurais de MT aumentam e preocupa produtores rurais

Em Tapurah, durante o período de estiagem, oito fazendas foram atingidas pelo fogo e quatro tratores queimados. Mato grosso poderá ter chuva e temperatura mais amena a partir da próxima semana

Publicado 28/08/2021 - 10:20 e atualizado 28/08/2021 - 10:22
Por: Redação

Os meses de julho, agosto e setembro formam o período mais propício para a surgimento e alastramento de focos de incêndio nas propriedades rurais de Mato Grosso. É durante e após a colheita do milho que o risco aumenta, seja durante a colheita, quando as máquinas aquecem e por um descuido ou outro acaba surgindo o fogo, e também após a colheita, quando a palhada está seca no solo e qualquer objeto pode dar início a um foco de incêndio.

Dados do ICV (Instituto Centro de Vida) apontam que o estado de Mato Grosso chegou a mais de 750 mil hectares de áreas atingidas por incêndios florestais somente em 2021 – extensão equivalente a cerca de cinco vezes o tamanho do município de São Paulo.

Em Tapurah, durante estes três meses de estiagem já foram registrados inúmeros focos de incêndio em fazendas do município, que acumulam prejuízos milionários, uma vez que ao menos 04 tratores de grande porte que trabalhavam em aceiros para conter as chamas foram destruídos pelo fogo. Além do prejuízo material, onde nenhuma máquina que atua neste tipo de serviço possui cobertura de seguro, também há o prejuízo na área que pode levar até seis anos para voltar a produzir normalmente.

Como a probabilidade deste tipo de incidentes aumenta a cada ano o sindicato rural de Tapurah já estuda discutir soluções com os produtores do município, órgãos públicos e entidades para que já no próximo ano algum projeto esteja em execução para que possam combater os incêndios com mais profissionalismo e evitar grandes prejuízos. O intuito é evitar que estragos desta natureza ocorram em áreas produtivas e de pecuária.

 Conforme o presidente do sindicato rural, Dirceu Luiz Dezem, hoje a preocupação com os focos de incêndios não é somente dos produtores, mas sim dos órgãos públicos (prefeitura, câmara de vereadores), comércio local e população em geral, pois o fogo que atinge uma propriedade rural deixa muitos prejuízos e, principalmente afeta também a saúde da população. “Nesta época do ano, o vento leva o fogo longe, sendo que há relatos em que o fogo foi levado pelo vento três quilômetros de onde ele surgiu. E isso pode acontecer de as palhas serem levadas pelo vento e cair no meio da cidade também e isso preocupa muito as lideranças da nossa cidade”, disse.

Segundo Dezem, a entidade que representa o setor do agronegócio no município vai iniciar um debate ainda este ano para discutir e planejar ações para que sejam implementadas no próximo ano. A preocupação do presidente do sindicato se justifica também pelo possível aumento na produção de milho nos próximos anos na região.

“Assim como vai aumentar a produção de milho nos próximos anos, também vai aumentar a quantidade de palha seca no solo que precisa continuar na terra para se ter uma boa produção nas próximas safras. Com isso, nós vamos ter maior risco de incêndios a cada ano que passa, pois a seca e ventos nesta época é certo que acontece, então a gente precisa se preparar para este desafio, mas não podemos só esperar que a prefeitura faça alguma coisa e nem só o produtor comprar máquinas para apagar fogo, precisa de uma ação conjunta e planejada com treinamento profissional e investimento, claro”, ressalta.

Chuva e temperatura mais amena no próximo final de semana

O clima desértico que predomina no estado há cerca de 70 dias pode dar uma trégua na próxima semana. Isso porque há previsão de chuva no fim deste mês (agosto). O site especializado em meteorologia Clima tempo mostra que a partir da próxima quarta-feira (25.08) a chance de chuva em alguns municípios do estado é de 67%. Já nos dias 26, 27, 28 e 29 a probabilidade sobe para 90% em Cuiabá.

Entre os dias 26 e 29 o Clima Tempo aponta para a probabilidade de chuvas na região Norte de Mato Grosso, que contempla a região de Sinop. 

 

 

 



Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link acima ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos deste site (Jornal Caiabis) estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral - LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Não reproduza esta matéria em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do Jornal Caiabis, por escrito.



LEIA TAMBÉM






CADASTRE-SE

Você poderá receber nossos informativos e notícias importantes.

FORMULÁRIO DE CADASTRO

FALE COM A REDAÇÃO

Você tem alguma reclamação ou elogio, sugestão matérias ou informar um fato?

ABRIR UM CHAMADO


Copyright © 2021 - Todos os direitos reservados

Este website foi desenvolvido e é hospedado por: