In�cio
Bom Dia! - Hoje é Segunda-Feira, 20 de Setembro de 2021
Hora Certa: 11:46

Tapurah comemora 33 anos superando período de pandemia com economia estabilizada

Agronegócio, suinocultura, avicultura, pecuária, madeira e comércio forte dão sustentabilidade ao município que almeja ser o centro de ligação entre as regiões Norte e Médio-norte com a Capital do estado (Cuiabá) num futuro próximo

Publicado 03/07/2021 - 20:53 e atualizado 03/07/2021 - 20:55
Por: Redação

Movido pelos setores da agricultura, suinocultura, avicultura, pecuária e madeira, o município de Tapurah, que completa no próximo domingo, dia 04 de julho, 33 anos de Emancipação Política Administrativa é um dos poucos de Mato Grosso que mantém sua economia forte e sustentável, devido a diversidade de atividades e econômicas.

Nestes 15 meses (um ano e três meses), tempo em que a pandemia do novo coronavírus devastou o mundo inteiro e deixou reflexos negativos na maioria das cidades, Tapurah, mesmo com algumas medidas de recessão, se manteve com sua arrecadação e sua economia em alta, principalmente pelo trabalho dos produtores que acreditam e investem em suas atividades e, também pelo comércio forte que acredita no potencial da cidade para investir cada vez mais em tecnologia e oferecer o que há de melhor no mercado para a população que reside no município e na região.

Para o vice-prefeito Odair Nunes, a população tapuraense é bastante batalhadora e exigente, buscando sempre evoluir na sua qualidade de vida. Para isso o trabalho em busca de uma logística melhor e preparar a cidade para o crescimento ordenado é o principal objetivo da atual administração.

“Se a gente for atrás apenas de fazer muitas obras pequenas não leva o município a lugar nenhum, pois o que nós precisamos é preparar toda esta logística necessária para atrair pessoas de outras regiões para a nossa cidade, pessoas que venham aqui para investir forte e trazer novas ideias que possam contribuir mais ainda para o nosso crescimento”, pontua.

Odair relata que vários projetos de asfaltamento das rodovias estaduais MT-010 (entre Tapurah e São José do Rio Claro), MT-488 (entre Tapurah e Nova Maringá), e MT484 (Novo Eldorado à Sorriso) estão sendo tratados na Sinfra com o governo do estado para serem licitados e terem as obras iniciadas ainda este ano (2021).

“Hoje, todos aqueles projetos de ligação intermunicipal que ainda não estão protocolados e aprovados na Sinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura), nós estamos levando pessoalmente na próxima semana para protocolar e assinar em breve estas parcerias com o governo do estado, e a partir disto nós vamos estar preparando a nossa cidade para se desenvolver ainda mais no cenário mato-grossense”, ressalta.

Tapurah, segundo o vice-prefeito, está num ponto estratégico, onde faz ligação com vários municípios. “Tapurah terá no futuro a ligação via asfalto com os municípios de Nova Maringá, São José do Rio Claro, Ipiranga do Norte , Nova Mutum, e Lucas do Rio Verde e Itanhangá que já estão ligadas. Com isso, eu creio que nós poderemos ter aqui (Tapurah) um micro polo de Mato Grosso, pois aqui já temos uma economia diversificada pela produção forte de soja, milho e algodão, além dos setores de avicultura, suinocultura, pecuária e madeira, pois são poucos municípios que tem esta diversificação no Estado, e é por isso que Tapurah não sofreu tanto durante o período da pandemia”.

O Agro presente no desenvolvimento de Tapurah

Para o presidente do Sindicato Rural de Tapurah, Dirceu Luiz Dezem, foi a agricultura que impulsionou o desenvolvimento do município e é o agronegócio que vai seguir dando todo o suporte para o crescimento da cidade.

“Hoje temos inúmeras empresas, indústrias e comércios em Tapurah que ajudam o município a se desenvolver, mas a maioria das empresas comerciais e de serviços vem para Tapurah devido a agricultura forte que temos aqui”, afirma.

Para o futuro, o presidente da entidade que representa os produtores rurais do município enxerga uma produção agrícola verticalizada, com a industrialização e transformação dos produtos colhidos no município. “Isso vai gerar uma grande riqueza e muitas oportunidades para o comércio, profissionais liberais e outros setores empresariais que, na base da agricultura têm em Tapurah a oportunidade de crescimento e desenvolvimento”, finaliza.

 

 



Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link acima ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos deste site (Jornal Caiabis) estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral - LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Não reproduza esta matéria em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do Jornal Caiabis, por escrito.



LEIA TAMBÉM






CADASTRE-SE

Você poderá receber nossos informativos e notícias importantes.

FORMULÁRIO DE CADASTRO

FALE COM A REDAÇÃO

Você tem alguma reclamação ou elogio, sugestão matérias ou informar um fato?

ABRIR UM CHAMADO


Copyright © 2021 - Todos os direitos reservados

Este website foi desenvolvido e é hospedado por: