In�cio
Bom Noite! - Hoje é Terça-Feira, 11 de Agosto de 2020
Hora Certa; 01:30

Diversificação de atividades mantém a economia tapuraense em alta e dá segurança ao comércio local, dizem lideranças e produtores

Publicado 04/07/2020 - 07:15 e atualizado 04/07/2020 - 07:20
Por: Redação

O município de Tapurah, que comemora neste sábado (amanhã), dia 04 de julho, 32 anos de emancipação política administrativa não é apenas destaque no Estado e no Brasil por ser a Capital da Suinocultura do Centro-Oeste. É conhecido por toda a sua diversificação agrícola, que há alguns anos vem implementando em suas áreas novas culturas e atividades no campo.

As culturas de soja e milho lideram o ranking de áreas plantadas no município, seguidas pelo algodão, arroz, feijão, feno e sorgo. As atividades da suinocultura, avicultura, pecuária, ovinocultura, leiteira e piscicultura promovem sustentabilidade às propriedades rurais e ao comércio do município.

O potencial que Tapurah apresenta aos empresários para o desenvolvimento de atividades econômicas é diferenciado de outras cidades do estado e faz com que a economia seja mais forte a cada ano.

Para produtores rurais, lideranças tapuraenses e empresários, Tapurah teve seu desenvolvimento impulsionado a partir da diversificação de atividades agrícolas no campo. A instalação da BRF (antiga Sadia) em Lucas do Rio Verde também contemplou Tapurah, onde estão instalados a maioria das granjas de aves e de suínos que abastecem o frigorífico de Lucas do Rio Verde.

BRF e melhoramento de sementes

Na visão do empresário e sócio da Colonizadora Tapurah, Odenir Zancanaro (Bianco) dois fatores foram importantes para o progresso de Tapurah, sendo a instalação da BRF em Lucas do Rio Verde e o melhoramento genético das sementes de soja e milho.

“A instalação da BRF em Lucas do Rio Verde trouxe muitos empregos e muita renda aos produtores de nossa cidade. O melhoramento genético de variedades das sementes de soja e milho, encurtando o tempo de tempo de plantio, sendo que há anos atrás se plantava soja e se colhia com 140 dias, e hoje o ciclo se conclui em até 100 dias. Isso fez com que transformasse a nossa região em duas grandes safras (de soja e milho) e não uma safra de soja e safrinha de milho, como era chamada. Estes dois fatores alavancaram a economia do nosso município e, consequentemente melhorou também o comércio local”, disse Bianco.

Diversificação e Profissionalismo

Para o Contador e empresário Luiz Carlos Zatta, Tapurah apresenta desde o início de sua história tendências de diversificação das atividades, e a instalação da BRF na região acelerou o processo de desenvolvimento do município.

“Vejo que em cada setor de produção do nosso município houve uma grande evolução nos últimos anos, tanto na produtividade, quanto na qualidade dos produtos, isso por que estamos em uma das poucas regiões do Brasil que permite o cultivo de duas grandes safras de soja e milho ou de soja e algodão. A instalação da BRF em Lucas do Rio Verde também beneficiou Tapurah, onde foram criadas grandes empresas rurais, que geram muitos empregos e renda ao município. Nos últimos doze anos houve um crescimento muito grande de Tapurah devido a implantação da BRF no município vizinho e também a nossa diversificação de atividades, mas tudo isso aconteceu graças ao profissionalismo de nossos empresários, que não mediram esforços e nem investimentos para chegarmos na condição em que Tapurah se encontra atualmente. Para mim o melhor que tem em Tapurah é o povo Tapuraense, um povo batalhador, compromissado com o desenvolvimento e ordeiro”, destaca Luiz Carlos Zatta, Empresário, Contador e pecuarista.

Avanço da tecnologia e produção de grãos

Para o sócio proprietário e diretor da granja Seis Amigos, Evandro Martimiano, o que contribuiu para o desenvolvimento e crescimento de Tapurah não foi apenas um fator, mas sim um conjunto de fatores que puderam proporcionar o desenvolvimento e organização do nosso município.

“Logicamente que a diversificação das atividades econômicas foi de suma importância, entre elas, destacam-se as instalações de granjas de aves e suínos, onde as mesmas oferecem oportunidade de emprego e renda a diversas famílias, as quais praticamente consomem somente no município. Isso faz com que o comércio se fortaleça também. Paralelo a isso, tivemos avanços importantes em tecnologia e produção de grãos, ampliação de áreas cultivadas, início de novas culturas, como por exemplo o algodão. Nossa pecuária vem constantemente buscando melhorias, não só de plantel, mas também de índices zootécnicos e financeiro. Nosso setor madeireiro ainda tem seu espaço na economia local e a prestação de serviços vem ganhando espaço considerável em nossa cidade. Havendo diversificação econômica sempre haverá oportunidades, tanto para investidores quanto para colaboradores. É isso que faz com que nossa economia se destaque e nossa cidade cresça. Não menos importante para esses avanços, devemos considerar a contribuição de todos os gestores públicos do município, pois cada um contribuiu e/ou contribui para o crescimento e desenvolvimento de Tapurah”, destaca Evandro Martimiano.

Fortalecimento do Comércio Local

            Na opinião do gerente do Del Moro Supermercados de Tapurah, a transformação do município se evidencia a partir da força dos empresários locais, que acreditaram na cidade, o qual é um fato muito relevante a este crescimento que tem apresentado nos últimos anos. Isso também abrange aos agricultores, que hoje são grandes empresários e, sem eles Tapurah não teria esse desenvolvimento.

“Essas pessoas (empresários) acreditam no município, procuram recursos para trazer pra cá, para implementar a cidade e fazer com que Tapurah se desenvolva cada vez mais, e não buscar as coisas fora do município, como acontece em alguns municípios da região. Isso é um fator importante e que mostra a transformação que Tapurah teve nos últimos anos. Essa diversificação de atividades que temos aqui em Tapurah é muito importante para a manutenção e fortalecimento do comércio local”, destaca, Alex Emanuel é gerente do Supermercado Del Moro, que está há 08 anos servindo a população tapuraense e de municípios vizinhos.

O Poder do Agro e o Futuro no Leite

Na opinião do tesoureiro 1º tesoureiro do sindicato rural de Tapurah, contador e produtor rural Álvaro Galvan, Tapurah é vista atualmente como uma cidade modelo para o estado de Mato Grosso

“Desde 1.996 viemos acompanhando o desenvolvimento do nosso município. A gente via desde o início que Tapurah é diferenciada em relação às outras cidades do Estado. Na condição de Contador eu acompanho diversas empresas que se iniciaram aqui e hoje são referências em nível regional. Isso deixa cheios de orgulho porque vimos que o comércio tapuraense se sustenta com o poder do agronegócio, que é dinâmico e próspero, o qual acompanha todas as inovações que acontece no mundo. Hoje já vimos em nosso município uma diversificação muito grande de atividades e isso tende a aumentar ainda mais no futuro. Acreditamos que a cadeia leiteira, a qual ainda está em desenvolvimento possa se tornar outra grande atividade no município e acelerar o crescimento de Tapurah”, conclui Álvaro Galvan. 

 



Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link acima ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos deste site (Jornal Caiabis) estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral - LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Não reproduza esta matéria em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do Jornal Caiabis, por escrito.



LEIA TAMBÉM






CADASTRE-SE

Você poderá receber nossos informativos e notícias importantes.

FORMULÁRIO DE CADASTRO

FALE COM A REDAÇÃO

Você tem alguma reclamação ou elogio, sugestão matérias ou informar um fato?

ABRIR UM CHAMADO


Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados

Este website foi desenvolvido e é hospedado por: