Início
Bom Noite! - Hoje é Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Hora Certa; 04:24

Produtores rurais terão R$ 3,127 bilhões em crédito nas cooperativas do Sicredi

Montante é destinado para custeio, investimento e comercialização e as contratações já podem ser feitas nas agências de Mato Grosso, Rondônia, Pará e Acre

Publicado 24/07/2018 - 06:45 e atualizado 24/07/2018 - 07:04
Por: Paola Carlini/Assessoria

As cooperativas do Sicredi na região Centro Norte, que abrange os estados de Mato Grosso, Rondônia, Pará e Acre, disponibilizam R$ 2,627 bilhões em crédito rural para o custeio da safra 2018/2019. O valor é 11,2% maior que o orçamento para esta finalidade no ciclo 2017/2018, que era de R$ 2,363 bilhões. Além dos recursos para o custeio, as cooperativas terão um orçamento de R$ 500 milhões nesta safra, provenientes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), para operações de investimentos, o que resulta na oferta total de R$ 3,127 bilhões em crédito para pequenos, médios e grandes produtores da região nesta safra. As cooperativas também estarão aptas a atender a demanda por recursos para comercialização da produção.

Considerando apenas o orçamento para custeio, os produtores da agricultura empresarial terão disponível R$ 2,450 bilhões em crédito e a agricultura familiar terá R$ 176,680 milhões. As contratações de crédito para a temporada 2018/2019 já podem ser feitas nas agências do Sicredi na região Centro Norte desde 1º de julho e seguem até 30 de junho de 2019. Para os investimentos, as liberações ocorrem conforme a demanda dos produtores rurais. Para se ter uma ideia, no ano passado foram realizadas 1.377 operações para agricultores familiares, que respondeu por 52% do total de contratos, e outras 1.273 foram feitas pela agricultura empresarial.

“A cada ano, o Sicredi amplia o orçamento do crédito rural disponível aos produtores. Nos esforçamos na captação de recursos para este público, que é resultado dos depósitos em poupança feitos pelos próprios associados, além de outras fontes oficiais. Isso prova o compromisso da instituição financeira cooperativa com os seus associados e com o desenvolvimento das comunidades onde atuamos”, afirma o presidente da Central Sicredi Centro Norte, João Spenthof. Ele destaca que as cooperativas têm um mix de produtos e serviços e que cada perfil é analisado no momento da concessão de crédito, oferecendo a linha mais adequada a cada associado.

Em todo o país, o Sistema Sicredi vai disponibilizar R$ 16,1 bilhões em crédito rural, com a precisão de realizar 213 mil operações de custeio, investimento e comercialização. O montante é 8,7% maior que o da temporada passada e corresponde a 8,2% do volume total disponibilizado pelo governo federal no Plano Safra 2018/2019, que é de R$ 194,5 bilhões.

Outras opções de crédito

Além dos recursos próprios e repassados (poupança equalizada, Letras de Crédito do Agronegócio/LCA, MCR 6.2, BNDES e Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste - FCO), o Sistema Sicredi também disponibiliza fontes alternativas de recursos para contratação como Cédula de Produto Rural (CPR) e Moeda Estrangeira. Para contratar, basta os produtores rurais procurarem suas agências e formalizarem o pedido, que passará por análise para concessão.

Safra 2017/2018

Balanço da Central Sicredi Centro Norte aponta a liberação de R$ 2,620 bilhões em crédito rural aos produtores de Mato Grosso, Rondônia, Pará e Acre de 1º de junho de 2017 a 31 de maio de 2018, com um total de 12.082 operações. Faltando um mês para o fechamento do calendário anual, o montante é quase a totalidade do que foi liberado na safra 2016/2017, que somou R$ 2,621 bilhões (em todo ano safra) e contemplou 13.135 operações.

Do total liberado até maio (R$ 2,620 bilhões) os produtores contrataram mais recursos para custeio, com R$ 1,952 bilhão (8.734 operações), equivalente a 74,5%. Para investimentos foram contratados R$ 614,822 milhões (3.277 operações), que responde por 23,5%; e a demanda de recursos para comercialização somou R$ 53,001 milhões (71 operações), que equivale a 2%.

Ao detalhar a contratação de recursos por público, a agricultura familiar ficou com R$ 223,525 milhões (4.938 operações). Desta cifra, o custeio ficou com R$ 125,484 milhões (3.561 operações) e os investimentos somaram R$ 98,040 milhões (1.377 operações). A agricultura empresarial foi responsável pela contratação de R$ 2,396 bilhões (7.144 operações), sendo R$ 1,827 bilhão para custeio (5.173 operações), R$ 516,781 milhões para investimento (1.900 operações) e R$ 53,001 milhões para comercialização (71 operações).

“Nosso objetivo é liberar crédito de forma assertiva. Por isso trabalhamos junto aos produtores, com orientação conforme a necessidade de cada produtor. É papel do Sicredi melhorar a qualidade de vida dos associados e agregar renda. Além do crédito rural temos outros produtos como seguro rural para proteger a produção e o patrimônio dos produtores, além do consórcio, que pode ser usado para aquisição de veículos, máquinas e equipamentos para melhorar a estrutura de suas fazendas”, acrescenta o diretor executivo da Central Sicredi Centro Norte, Seneri Paludo.

 

 



Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link acima ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos deste site (Jornal Caiabis) estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral - LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Não reproduza esta matéria em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do Jornal Caiabis, por escrito.



LEIA TAMBÉM






CADASTRE-SE

Você poderá receber nossos informativos e notícias importantes.

FORMULÁRIO DE CADASTRO

FALE COM A REDAÇÃO

Você tem alguma reclamação ou elogio, sugestão matérias ou informar um fato?

ABRIR UM CHAMADO


Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Este website foi desenvolvido e é hospedado por: